Como cuidar de pets em apartamentos

Como cuidar de pets em apartamentos

Ter animais de estimação em um apartamento pode ser um desafio, mas com as nossas dicas ficará mais fácil conciliar as necessidades do seu pet com o espaço reduzido!

Diferente do que as pessoas pensam, é totalmente possível cuidar bem de um animal de estimação em um apartamento, tudo irá depender do porte e da raça do seu pet e do tamanho de seu lar.

Com o ambiente pequeno, cabe a você passear e brincar frequentemente com o seu bichinho, assim você evitará que ele fique doente ou estressado.


Se possível, tenha um período de adaptação

Se você está se mudando de uma casa para um apartamento, esse período de adaptação para seu pet pode fazer a diferença.

Os animais também precisam de um tempo para se acostumar como novo espaço.

Se possível, leve-o algumas vezes ao apartamento e passe um tempo com ele lá. Caso você tenha um cachorro, também é uma boa ideia passear com ele no condomínio ou ao redor da quadra, já que esse percurso fará parte do cotidiano dele.


Ensine alguns comandos

Seu pet não precisa virar nenhum ator de cinema super treinado, mas algumas lições vão ajudar você nessa mudança.

Você pode fazer o adestramento sozinha ou chamar um profissional para visitar a sua casa. Há também estabelecimentos próprios para isso.

Com os pets jovens, o adestramento costuma ser mais fácil, já para pets mais velhos é recomendado buscar um profissional experiente para te ajudar com o treinamento.


Atente-se ao regulamento do condomínio

A lei não embasa a proibição dos moradores possuírem animais de estimação, mas os condomínios podem criar alguns regulamentos para a circulação do animal nas áreas comuns.

É recomendado que você procure saber sobre essas regras antes de se mudar, mas sempre tenha bom senso quanto a convivência entre você e seus vizinhos e respeite o espaço dos outros condôminos.


Realize algumas mudanças no apartamento

Para manter um ambiente seguro para o seu pet, telas nas janelas e portões de segurança nas portas estão entre os itens mais comuns.

Algumas mudanças maiores podem vir a calhar, mas não são obrigatórios, como por exemplo a troca por um piso mais resistente ou a retirada de carpetes.

Também é interessante criar um cantinho só para o seu pet, no qual ele possa dormir ou ficar à vontade com seus brinquedos.

Separado desta área de lazer, também é preciso dedicar um espaço para ser o banheiro do seu animal de estimação.

Receba Novidades

Cadastre-se e receba as novidades do mercado imobiliário em seu email.

Blog Leardi - Últimas Notícias

Fique por dentro das novidades do mercado imobiliario e de franquias. Oportunidades, dicas, informação.